quinta-feira, 17 de agosto de 2006

Haiku



As folhas, secas
Caem mortas nas pedras
Ao vento da noite

[Luís R.]

Sem comentários: